Se tudo der certo..

Naath-Mg
É o seguinte, eu sou assim, uma tragédia, catástrofe, indecisa, bagunça, um pote de drama. Desculpa por ser assim, e por não poder mudar. Eu não vou mudar. Espero que no final de tudo, você seja a pessoa que vai dizer:
“Poxa, ela vale a pena.”
Theme by futurasuicida insp. quasebarbie and poetamachucada dts. + +
1 2 3 4

“Me abraçou apertado, num gesto desesperado, saudade mútua ela se entregou pra mim.”
Projota.  (via espeliarmus)

“Ela olhou pro céu, cruzou os dedos, fechou os olhos, e mesmo sabendo que não iria funcionar, ela desejou você.”
Anônimo. (via versejas)


Há 1 semana · 48.606 notas · reblog
originally torquebit · via allaxg

“Passo cada segundo do meu dia me jurando ser indiferente com você. Você fala comigo, eu cumpro a promessa. Você não entende, pergunta se eu tô chateada e o que aconteceu. Não foi nada. Só tô cansada de você, de nós, de tudo isso. Tô de partida, malas feitas, mesmo você não acreditando. Pra não me cansar mais ainda, paro no ‘Não foi nada’. E você sai, irritado e com um “tchau” que eu odeio mais que tudo. Mas já não importa, tchau pra você também. Afinal, nada pode ser mais difícil do que ficar na situação que eu tô a tanto tempo. Ser indiferente vai ser fácil. Dor é normal, se não for forte, eu já nem sinto mais. Sempre te tratei melhor que todos os outros, e o que você faz que te torna melhor que eles? Seguindo essa lógica, teria o direito de te tratar até mal. Mas não sou assim, uma pena. Acontece que agora eu não dou mais o meu melhor pra quem me dá pouco. Não corro atrás de quem não dá um passo por mim. Não faço festa quando alguém que sabe que eu tô louca de saudades e não move um dedo pra me ver, vem numa droga de chat e fala “E aí”. Te acostumei muito mal, mas agora vou desacostumar. Porque meu medo de te perder, virou meu objetivo, então nada me prende. E se ir te matando aos poucos levar um pedaço de mim, que leve. Porque a dor de você na minha vida me afeta inteira e eu não aguento mais.”
Tati Bernardi   (via allaxg)

Há 1 semana · 9.731 notas · reblog
originally resonares · via allaxg
“Princesa, é tão difícil entender que os meus planos para ti são bem maiores que os seus? Confia em mim, se até hoje não deu certo foi por que os meus propósitos faram com que você voe muito mais alto”
— Deus (via obedecerei)

“Eu sou aquela pessoa que diz pra todo mundo ter fé, ser forte e acreditar. Mas olha pra mim, eu estou um caco.”
Cartas para Deus.   (via relevar-le)


“Não precisa ligar o dia todo, mas liga pelo menos uma vez e diz como você tá. Não precisa passar todas as horas me mandando uma sms, mas manda uma só dizendo apenas um “oi”. Não precisa me ver todos os dias, mas vem pelo menos um dia pra eu saber que posso sentir seu abraço. Não precisa dizer toda hora o que sente por mim, mas diz pelo menos uma vez que me quer como eu te quero. Não precisa ser perfeito, basta ser a gente. Não precisa tá grudado, basta saber que você ainda tá comigo. Não precisa ser eu e você, precisa ser “nós”.”
Autor Desconhecido (via renascendo)

“Depois de um certo tempo, você começa a amar as coisas que têm, e para de ressentir-se daquilo que nunca teve.”
William Leal  (via renascendo)

“Dar é dar. Fazer amor é lindo, é sublime, é encantador, é esplêndido, mas dar é bom pra cacete. Dar é aquela coisa que alguém te puxa os cabelos da nuca, te chama de nomes que eu não escreveria, não te vira com delicadeza, não sente vergonha de ritmos animais. Dar é bom. Melhor do que dar, só dar por dar. Dar sem querer casar, sem querer apresentar pra mãe, sem querer dar o primeiro abraço no Ano Novo. Dar porque o cara te esquenta a coluna vertebral, te amolece o gingado, te molha o instinto. Dar porque a vida de uma publicitária em começo de carreira é estressante, e dar relaxa. Dar porque se você não der para ele hoje, vai dar amanhã, ou depois de amanhã. Dar sem esperar ouvir promessas, sem esperar ouvir carinhos, sem esperar ouvir futuro. Dar é bom, na hora. Durante um mês. Para as mais desavisadas, talvez anos. Mas dar é dar demais e ficar vazia. Dar é não ganhar. É não ganhar um eu te amo baixinho perdido no meio do escuro. É não ganhar uma mão no ombro quando o caos da cidade parece querer te abduzir. É não ter alguém pra querer casar, para apresentar pra mãe, pra dar o primeiro abraço de Ano Novo e pra falar: “Que cê acha amor?”. Dar é inevitável, dê mesmo, dê sempre, dê muito. Mas dê mais ainda, muito mais do que qualquer coisa, uma chance ao amor, esse sim é o maior tesão. Esse sim relaxa, cura o mau humor, ameniza todas as crises e faz você flutuar.”
Luís Fernando Veríssimo.  (via capacitadora)

“E você percebe que, quem te acalma, também tira teu sossego. Não precisa nem de esforço.”
Aghata Paredes. (via versejas)

“Triste ver você partir, meio que esperava que você ficasse.”
Arctic Monkeys.  (via orgsmss)